alheira

Açorda de alho: como fazer à moda alentejana

A açorda é um prato tradicional português feito com ingredientes muito comuns na nossa gastronomia. A açorda de alho à moda alentejana é famosa pela sua qualidade e terá surgido no século VII.

Isto significa que a açorda de alho nasceu na altura das invasões árabes, e terá raízes de um prato árabe chamado tharid. O tharid é feito com pão desfeito num caldo de água aromatizada com ervas e azeite, algo semelhante à açorda que comemos e adoramos.

Hoje em dia existem dezenas de variações feitas à açorda, existindo também as migas como um prato tradicional por cá. Grande parte das variações apenas incluem bacalhau, camarão, amêijoas, ou outros tipos de peixe.

A receita de açorda que partilhamos é uma tradicional que fica com um sabor delicioso e enche bem a barriga, sem esvaziar a carteira pois todos os ingredientes são baratos e muitos poderá já ter em casa – se não todos.

Açorda de alho e coentros

Esta receita de açorda de alho e coentros usa esta erva aromática, mas algumas variações podem também usar poejo ou hortelã. Por norma evita-se o uso de salsa por ser uma erva com um paladar menos forte.

Ingredientes necessários:

  • 1 molho de coentros
  • 4 fatias grandes de pão alentejano
  • 6 dentes de alho
  • 4 ovos
  • 2 chávenas de água quente
  • Sal a gosto
  • Azeite a gosto

Modo de preparação:

  1. Comece por reunir os ingredientes necessários para fazer a açorda de alho e se certificar que nada falta.
  2. Descasque o alho e pique os coentros finamente. Num almofariz ou numa panela, vá esmagando os alhos e os coentros grosseiramente até obter uma papa homogénea.
  3. Leve água a ferver ao lume e quando estiver, parta os ovos um a um e junte-os à água. Deixe-os escalfar durante cerca de três minutos.
  4. Quando os ovos estiverem escalfados retire-os da água com uma escumadeira e reserve-os.
  5. Junte as fatias de pão cortadas em pedaços à mistura de alho e coentros, e regue-a com a água de cozinhar os ovos. Misture e tempere com sal e azeite a gosto.
  6. Coloque por cima os ovos escalfados e está pronta a servir.

Tenha em atenção que a açorda não deverá ficar nem muito dura nem muito líquida. Para obter os melhores resultados vá juntando lentamente a água enquanto mexe para ir controlando melhor a consistência desejada.

Dicas para melhorar a açorda

Fazer açorda de alho e coentros funciona sempre melhor com pão alentejano, pois a textura do pão adequa-se melhor a este prato que leva água a ferver. Além disso, se o pão tiver pelo menos dois dias terá um resultado ainda melhor.

Em várias receitas mistura-se também ovo batido aos coentros e alhos esmagados. Se o fizer terá de ter em atenção o lume em que cozinha par não ficar com ovos cozidos na sua açorda, um pouco do mesmo modo que tem cuidado ao fazer bacalhau à brás ao juntar ovo.

Como viu esta é uma receita tradicional e simples. Pode sempre temperar também com um pouco de limão, e juntar vários tipos de peixe já cozinhados à sua açorda para fazer açorda de camarão, de salmão, ou de bacalhau.

Açorda de alheira, com chouriço, ou com qualquer outro enchido poderá usar a mesma técnica, bastando apenas assar o chouriço ou cozinhar a alheira no forno antes de juntar à açorda de alho.

Veja mais receitas deliciosas no nosso livro de receitas e impressione todos os seus amigos e familiares. Clique na imagem para saber mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

back to top