alheira

Como fazer chouriço caseiro

O chouriço é indispensável na cozinha dos portugueses, mas saber como fazer chouriço caseiro tem-se perdido com o tempo. Este é um enchido tradicional preparado com carne, gordura e, dependendo das regiões e dos gostos, com diferentes temperos. 

Esta mistura é colocada em tripas, atada nas pontas e levada a fumar, ficando com forma de ferradura. Algumas variedades de chouriços têm até Denominação de Origem Protegia (DOP).

Os chouriços podem ser de carne, de cebola, de sangue e são muitas as receitas e as variedades, que dependem da região onde são feitos.

Impressione os seus convidados e família com os melhores eBooks de receitas deliciosas.

Seja num arroz de pato ou num cozido à portuguesa, o chouriço de carne eleva estes pratos para as iguarias que conhecemos. 

Cortado às fatias e consumido como petisco num lanche com amigos, na ceia para aconchegar o estômago ou num pão com chouriço depois de uma noitada, o chouriço tem aquele sabor reconfortante que nos lembra as casas dos nossos familiares queridos.

Não será o alimento mais saudável, uma vez que tem gordura e é fumado. Mas se for confecionado em casa com boas carnes e dentro de certos parâmetros, poderá, com certeza, ter muita mais qualidade do que qualquer chouriço comprado em grandes superficies. E, se for de vez em quando, não tem porque ser nefasto para a sua saúde. 

Como fazer chouriço de carne caseiro

Fazer este enchido em casa não é uma tarefa impossível. Os ingredientes são, na verdade, muito básicos e precisa apenas de saber como fazer chouriço caseiro para ter um belo petisco.

Requer alguns dias de preparação e técnica, mas pode fazer em grande quantidade porque o seu prazo de validade é longo e as suas formas de consumo são mais que muitas. 

Ingredientes necessários

  • 1 Kg de perna de porco 
  • 300g de entremeada
  • 150g de toucinho
  • 1 colheres de sopa de massa de alho
  • 3 colheres de sopa de massa de pimentão
  • 1 colher de sopa de colorau
  • 1 colher de sopa de pimenta preta
  • 1 colher de sopa desal fumado
  • 1 copo de água 

Para além destes ingredientes, vai precisar de tripa de porco fina e fresca, de um funil e de fio para atar as pontas das chouriças.

Modo de preparação

  1. Comece por partir as carnes em tiras e misture todos os ingredientes bem para ficarem temperadas.
  2. Depois de todos os ingredientes envolvidos, cubra o preparado e coloque no frigorífico durante dois ou três dias. Vá mexendo de vez em quando para garantir que o sabor fica homogéneo. 
  3. Após esse período, asse uma pequena porção de carne e prove para poder retificar algum tempero, caso necessário. 
  4. Tenha em mente que durante a cura, o chouriço tende a ficar mais salgado, portanto o preparado deve levar pouco sal.
  5. Escorra o preparado, lave muito bem a tripa (de preferência com sal e vinagre. É um trabalho que requer bastante cuidado para garantir que fica sem cheiros ou sabores desagradáveis.) e corte, para cada chouriço, 35 cm de fio e 35 cm de tripa.
  6. Dê um nó numa ponta da tripa e, com a ajuda de um funil, comece a colocar a carne temperada dentro da tripa. 
  7. Certifique-se de que vai apertando gentilmente para não acumular bolhas de ar.
  8. Depois de encher a tripa, dê um nó na outra ponta e pique com um palito para tirar possíveis bolhas de ar do interior do enchido.
  9. Pendure as chouriças e leve ao forno no modo de ventilação, regulado nos 50ºC durante 6 ou 7 horas. 
  10. Repita o processo até estar no ponto de cura que prefere. 

O sal fumado dá um sabor específico ao chouriço. Este é muito utilizado, precisamente, para fumar carnes e peixes dentro de casa. Encontra-se em qualquer supermercado.

Se tiver em sua casa um espaço exterior e, porventura, uma churrasqueira, pode perfeitamente fumar as suas chouriças de uma forma mais tradicional. 

Nesse caso, substitua o sal fumado por um sal tradicional, faça umas brasas na sua churrasqueira e coloque umas lascas de madeira humedecida por cima das brasas. 

O objetivo é que haja fumo e o fumo atinja as chouriças. Se fizer labareda, o resultado é bastante diferente. Deixe fumar durante 3 ou 4 dias durante algumas horas. 

Poderá também optar por substituir a água por vinho branco no seu preparado e terá assim umas chouriças características da Beira.

Como viu, não faltam opções para fazer chouriço caseiro. Todas elas bastante trabalhosas, mas o resultado final compensa. Terá umas chouriças deliciosas e, realmente caseiras sem corantes nem conservantes. 

Opções para servir o chouriço

Depois de saber como fazer chouriço caseiro, pode optar por congelá-lo, até para não o devorar todo de uma vez e prepará-lo apenas quando necessário. 

A forma mais tradicional é assar o chouriço no assador (um daqueles de barro). Para isso, dê uns golpes no chouriço, coloque cerca de um dedo de álcool no assador e, com todo o cuidado, deixe assar até o fogo se extinguir. 

A meio do processo, vire o chouriço para não queimar demasiado de nenhum dos lados. 

Se optar por fritar o chouriço com uma frigideira, saiba que o resultado é igualmente saboroso e bem menos perigoso. Se procura algum espetáculo e entretenimento, o assador comum continua a ser a opção mais “uau”. 

Pode servir o seu chouriço como petisco, pode ser cortado às rodelas para cada um “penicar”. 

Numa sopa de ervilhas, fica delicioso, crocante e colocado sobre a sopa. Num arroz de pato é alma e num caldo verde bem feito é o final de noite perfeito. 

Um chouriço caseiro destes deve ser personagem principal na sua mesa e deve garantir que todos vão aprovar este chouriço de carne porque depois de provar, todos vão querer repetir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

back to top